Cade aprova, com restrições, fusão da AT&T com Time Warner

ATT-TimeWarner

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, com restrições, na quarta feira (18) a compra da Time Warner pela AT&T. A aprovação foi condicionada à assinatura de um Acordo em Controle de Concentrações (ACC), com validade de cinco anos.

As duas empresas terão que manter suas operações separadas no País e não poderão trocar informações entre elas. A Time Warner terá que oferecer todos os seus canais a outras operadoras de TV por assinatura e a SKY não poderá se recusar a transmitir canais de outras programadoras nem impor preços ou condições entendidos como discriminatórios, segundo informa Exame.

Um consultor independente avaliará o cumprimento das determinações do Cade, que informará ao órgão sobre reclamações e denúncias. A compra da Time Warner pela AT&T ainda precisa ser analisada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A operação foi anunciada há um ano por USD 85,4 bilhões.

 

A AT&T é dona do 93% da Sky Brasil. A Time Warner controla de canais de TV por assinatura como HBO, Warner Channel, Boomerang, TNT, CNN e Cartoon Network.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePrint this page