Cidade piloto do switch-off no Brasil tem metade dos lares prontos para TV Digital

A Entidade Administradora da Digitalização (EAD) divulgou uma pesquisa realizada pelo Ibope entre 17 e 30 de setembro apontando que 78% das residências em Rio Verde, cidade de Goiás escolhida como piloto do switch-off, continuariam a ter algum sinal de TV mesmo que o analógico fosse desligado. Porém, dos 805 domicílios entrevistados, 70% usam sinal terrestre e destes, apenas 49% tem condição de receber a TV digital.

O prazo estabelecido pelo Ministério das Comunicações é de que até 29 de novembro, dia do desligamento analógico em Rio Verde, 93% das residências estejam aptas para receber sinal digital. A EAD afirmou que o resultado não é o final para definir se o desligamento seguirá no cronograma, visto que a pesquisa foi concluída dois meses antes e durante este tempo já começou a distribuição de conversores para beneficiários do Bolsa Família e campanhas orientaram os cidadãos e lojistas sobre o processo.

“Acredito que teremos ainda uma grande evolução nesses números”, prevê Antonio Carlos Martelletto, diretor geral da EAD. Segundo o executivo, foram entregues mais de 4 mil conversores e até o final deste mês serão entregues outros três mil. A EAD também garantiu parceria com varejo para desconto nos equipamentos de migração, promoveu campanhas publicitárias e eventos informativos, além de projetos de voluntariado e inclusão digital para mobilizar a população. A análise final dos dados e decisão referente ao cronograma está marcada para a segunda quinzena de novembro.