Conmebol nega ter removido a exclusividade da Copa Libertadores para o Facebook

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) emitiu um comunicado reafirmando a validade do contrato com o Facebook para transmitir exclusivamente até 2022 os jogos da Copa Libertadores nas quintas-feiras. Segundo o site do jornal paraguaio “Última Hora”, serão realizadas reuniões na Conmebol com representantes do Facebook, Fox Sports e Globo para que os dois canais possam transmitir os jogos da competição que acontecem nesses dias.

“O Facebook, a maior rede social do mundo, tem os direitos exclusivos de transmissão dos jogos da Conmebol Libertadores das quintas-feiras até 2022”, afirmou o comunicado divulgado pela entidade durante os últimos minutos da sexta-feira, 22 de março. “Estamos felizes em colaborar com o Facebook para alcançar o maior número de fãs, trabalhando juntos para encontrar oportunidades que facilitem esta transição para uma nova forma de viver o futebol na era digital”, diz.

Em Facebook eles também falaram sobre as informações que circulavam, e disseram que estavam “felizes em colaborar com a Conmebol, que permitiu que milhões de fãs na região pudessem aproveitar os jogos gratuitamente através do Facebook Watch. E, embora as mudanças possam gerar alguma resistência, somos encorajados não apenas pelo  número de pessoas assistindo à Copa Libertadores no Facebook Watch, mas também pela maneira como os fãs usam nossa plataforma para interagir e participar das transmissões.

A rede social havia anunciado que em 2019 teria os direitos para transmitir 46 jogos da Copa Libertadores, que seriam vistos na página oficial do Facebook Watch. Desses 46, 27 (os jogos disputados às quintas-feiras) seriam exclusivos do Facebook, e os outros 19 seriam assistidos em paralelo pelo canal de TV Fox Sports.