Globo quer investir R$ 1 bilhão no Globoplay e em novas tecnologias em 2020

O Presidente Executivo do Grupo Globo, Jorge Nóbrega, disse que a empresa pretende investir R$ 1 bilhão no Globoplay, somente em 2020. A informação foi revelada durante entrevista ao jornal Valor Econômico. 

Sem citar números, Nóbrega revelou ainda que a plataforma de streaming do Grupo Globo bateu em outubro a meta no número de assinantes projetada para dezembro. E que espera um crescimento de 80% na base de assinantes para o ano que vem. “Há oportunidades diferentes para o Globoplay em relação a competidores como Netflix e Amazon Prime Video. Essas empresas têm alcance global, mas estão concentradas em séries, enquanto a Globo pode agregar conteúdo diferente aos usuários brasileiros, como esportes e jornalismo”, disse.  

Ainda durante a entrevista, o executivo também demonstrou entusiasmo com novo modelo de gestão e produção que entra em vigor em janeiro 2020. A Globo anunciou uma profunda mudança na sua estrutura interna. TV Globo, Globosat, Som Livre, Globo.com e DGCorp passam todos a formar uma única empresa. 

A nova estrutura estabelece que a produção de conteúdo deve ser separada da gestão dos canais e serviços. Assim, a empresa passa a ter um executivo no comando de Canais Globo (Paulo Marinho), outro no de Produtos e Serviços Digitais (Erick Brêtas) e um na Criação & Produção de Conteúdo (Carlos Henrique Schroder).