Governo dos Estados Unidos tenta impedir fusão AT&T-Time Warner

ATT-TimeWarner

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos (EUA) apresentou ação para bloquear a compra da Time Warner pela AT&T. Segundo o órgão, o contrato viola leis antitruste e a AT&T poderia “usar o controle sobre a programação popular da Time Warner para causar danos à concorrência”.

O Departamento de Justiça disse ainda que o acordo, de US$ 85 bilhões, “pode resultar em oferta (de conteúdo) menos inovador e contas mais altas para as famílias americanas”, segunda informa o jornal O Globo.

O vice-presidente sênior e consultor geral da companhia, David McAtee, disse em nota que a ação “é radical e inexplicável”. “Fusões verticais como essa são aprovadas de forma rotineira porque beneficiam consumidores sem remover qualquer competidor do mercado. Não vemos razão legítima para que nossa união seja tratada de forma diferente”.

A transação foi anunciada a mais de um ano. No Brasil, a AT&T é dona do 93% da SKY Brasil. Em outubro, o órgão de defesa de concorrência no País, o Cade, aprovou a fusão com restrições.     

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePrint this page