Pesquisa da Nickelodeon aponta que TV é principal atividade de entretenimento das crianças brasileiras

O estudo Connected Kids, que o canal pago Nickelodeon (Viacom) realizou com crianças de 10 países, apontou que a televisão e o conteúdo em vídeo são as principais formas de entretenimento entre crianças de 4 a 11 anos.

De acordo com a pesquisa, o Brasil tem crianças com consumo de televisão acima da média mundial, pois 70% dos entrevistados afirmaram assistir mais de duas horas por dia, enquanto no resto do mundo são 50%. 72% de todos os entrevistados prefere assistir TV e vídeos para se divertir e 94% consome televisão dentro de casa. O Brasil também ficou acima da média na questão da plataforma mais usada, onde 82% respondeu utilizar a TV sempre para assistir a conteúdos de vídeo. Enquanto ainda há consumo grande por meio de SmarTVs, tablets e streamming, 64% das crianças acha a TV o dispositivo mais fácil de usar, além de ter confiabilidade e agilidade.

Em relação ao conteúdo, os mais populares como favoritos foram desenhos animados e filmes, e há uma preferência em assistir repetidamente o mesmo conteúdo, que chega a 92% no Brasil por crianças de quatro a seis anos. Segundo a diretoria da Nickelodeon, os resultados indicam que a TV segue como principal forma de consumo de vídeo, porém o uso de outros dipositivos demanda do canal o investimento em produtos de qualidade disponíveis em todas as telas e que promovam engajamento, como o aplicativo Nick, que contabilizou mais de 100 mil downloads somente duas semanas após o lançamento.

Pesquisa da Nickelodeon aponta que TV é principal atividade de entretenimento das crianças brasileiras

O estudo Connected Kids, que o canal pago Nickelodeon (Viacom) realizou com crianças de 10 países, apontou que a televisão e o conteúdo em vídeo são as principais formas de entretenimento entre crianças de 4 a 11 anos.

De acordo com a pesquisa, o Brasil tem crianças com consumo de televisão acima da média mundial, pois 70% dos entrevistados afirmaram assistir mais de duas horas por dia, enquanto no resto do mundo são 50%. 72% de todos os entrevistados prefere assistir TV e vídeos para se divertir e 94% consome televisão dentro de casa. O Brasil também ficou acima da média na questão da plataforma mais usada, onde 82% respondeu utilizar a TV sempre para assistir a conteúdos de vídeo. Enquanto ainda há consumo grande por meio de SmarTVs, tablets e streamming, 64% das crianças acha a TV o dispositivo mais fácil de usar, além de ter confiabilidade e agilidade.

Em relação ao conteúdo, os mais populares como favoritos foram desenhos animados e filmes, e há uma preferência em assistir repetidamente o mesmo conteúdo, que chega a 92% no Brasil por crianças de quatro a seis anos. Segundo a diretoria da Nickelodeon, os resultados indicam que a TV segue como principal forma de consumo de vídeo, porém o uso de outros dipositivos demanda do canal o investimento em produtos de qualidade disponíveis em todas as telas e que promovam engajamento, como o aplicativo Nick, que contabilizou mais de 100 mil downloads somente duas semanas após o lançamento.