Telefônica/Vivo/GVT do Brasil, última no ranking de cumprimento de metas de serviço, é a única a ganhar clientes em outubro

A Anatel (Agência Nacional de Comunicações) divulgou o relatório mensal de TV paga onde o serviço volta a mostrar perda de clientes pelo terceiro mês consecutivo em outubro, uma perda de 108 mil acessos, totalizando 19,4 milhões no mês. É a primeira retração anual e os principais motivos são a crise econômica no país e a concorrência com serviços OTT e VOD.

Em relação ao mês anterior, o serviço perdeu 0,5% de clientes. A América Móvil (Claro e Net) segue líder do mercado com 52%, seguida por Sky com 28,25%, Telefônica/Vivo/GVT com 9,5% e Oi com 6,02%. O grupo Telefônica foi o único a ter aumento da base de clientes, com 1,838 milhões contra 1,836 milhões de setembro, mesmo sendo responsável pelas operadoras (Vivo e GVT) com menor percentual de cumprimento de metas de serviço , conforme dados da pesquisa de qualidade do serviço de TV paga divulgado pela Anatel em novembro.

O DTH continua sendo a tecnologia mais usada (mesmo com queda constante da base de clientes), teve a maior perda do mês em relação a setembro (146,6 mil assinantes), e fechou em 58,98% de quota de mercado, seguido da TV a cabo que apresentou aumento e fecha o mês com 40,12%. As outras tecnologias tem menos de 1% cada.

 

 

Telefônica/Vivo/GVT do Brasil, última no ranking de cumprimento de metas de serviço, é a única a ganhar clientes em outubro

A Anatel (Agência Nacional de Comunicações) divulgou o relatório mensal de TV paga onde o serviço volta a mostrar perda de clientes pelo terceiro mês consecutivo em outubro, uma perda de 108 mil acessos, totalizando 19,4 milhões no mês. É a primeira retração anual e os principais motivos são a crise econômica no país e a concorrência com serviços OTT e VOD.

Em relação ao mês anterior, o serviço perdeu 0,5% de clientes. A América Móvil (Claro e Net) segue líder do mercado com 52%, seguida por Sky com 28,25%, Telefônica/Vivo/GVT com 9,5% e Oi com 6,02%. O grupo Telefônica foi o único a ter aumento da base de clientes, com 1,838 milhões contra 1,836 milhões de setembro, mesmo sendo responsável pelas operadoras (Vivo e GVT) com menor percentual de cumprimento de metas de serviço , conforme dados da pesquisa de qualidade do serviço de TV paga divulgado pela Anatel em novembro.

O DTH continua sendo a tecnologia mais usada (mesmo com queda constante da base de clientes), teve a maior perda do mês em relação a setembro (146,6 mil assinantes), e fechou em 58,98% de quota de mercado, seguido da TV a cabo que apresentou aumento e fecha o mês com 40,12%. As outras tecnologias tem menos de 1% cada.