Brasil perde 89 mil assinantes de TV paga em março

Segundo dados da Anatel, o mercado de TV paga perdeu 89 mil assinantes durante o mês de março, Com isso, a base total o serviço ficou em 15,38 milhões de assinantes. Os números são semelhantes aos apresentados pelo órgão regulador em fevereiro, quando, mesmo sem os efeitos da pandemia de Coronavírus, o Brasil registrou uma perda de 90.700 assinantes e fechou o segundo mês do ano com 15,47 milhões de clientes.

Nos meses anteriores, a queda de assinantes de TV paga foi mais acentuada: em janeiro de 2020, houve uma perda de 224 mil clientes e, em dezembro e novembro de 2019, a perda foi de 140 mil e 127.600 clientes, respectivamente.

A operadora que mais perdeu base no mês de março foi a Claro, com uma erosão de 58,5 mil clientes em TV paga, sendo que a maior queda se deu no DTH (menos 42 mil assinantes, totalizando uma base de 1,08 milhão de clientes). A Claro TV na plataforma de cabo fechou o mês de março com 6,5 milhões de assinantes (queda de 10 mil). Ao todo, o grupo tem quase 7,6 milhões de assinantes em TV paga.

A Sky também teve queda, de 28 mil clientes, fechando março com uma base de 4,55 milhões. A Vivo TV perdeu 11 mil assinantes e fechou o mês com 1,28 milhão de acessos. A Oi TV teve uma leve alta de 8,2 mil assinantes, terminando março com 1,516 milhão de clientes.