Grêmio fecha acordo com a Rede Globo pelo Brasileirão de 2019 a 2023

Na semana passada, o clube de futebol do Grêmio assinou o contrato com a emissora carioca Rede Globo os direitos de transmissão para os Campeonatos Brasileiros de 2019 a 2023 num valor total de R$ 100 milhões de reais (25 milhões de euros) para os canais de TV fechada da emissora, segundo a Rádio Grenal de Porto Alegre.

 

O Grêmio oscilava negociações com a Globo e com o Esporte Interativo. Porém, o clube decidiu manter o vínculo com a Globo após a emissora ter mudado a proposta que tinha sido feita no ano passado.

 

“Na primeira proposta, eles dariam um adiantamento de R$ 30 milhões (7.415 milhões de euros), num acordo até 2020. Com a entrada do EI pela Turner na disputa, o valor subiu e não há mais adiantamento e sim luvas”, explicou o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Junior, em entrevista dada na semana passada ao Blog do Boleiro, do UOL.

 

Com essa negociação conquistada pela Globo, o Esporte Interativo se manifestou nas redes sociais em um comunicado oficial, a emissora lamentou o fato do clube gaúcho não ter aceito a sua proposta, mas agradeceu o apoio dos torcedores esperando que num futuro isso mude.

 

O Grêmio se junta a Atlético Mineiro, Botafogo, Corinthians, Cruzeiro, Fluminense, São Paulo, Sport, Vasco e Vitória, que já aceitaram as condições para renovação do contrato com a TV Globo a partir de 2019. O rival Internacional conversou com Esporte Interativo essa semana, porém não se pronunciou sobre o desfecho.