Rede Globo pressiona Santos Futebol Clube, em não acertar com Esporte Interativo

O canal Esporte Interativo da Turner desde janeiro está em negociações para transmitir os jogos do clube paulista de futebol, Santos, pelo Campeonato Brasileiro a partir de 2019 na TV fechada. O presidente alvinegro, Modesto Roma Júnior, revelou em participação no programa “Esporte em Discussão” da Rádio Jovem Pan, que já recebe pressão da Rede Globo, atual detentora dos direitos televisivos, para que não feche o acordo com a concorrente.

O presidente do clube santista revelou ainda que nove clubes já têm tratativas com o canal esportivo da Turner. E disse: “A pressão vem de onde vem. Lógico que já fui chamado para um jantar, lógico que os clubes já foram chamados também. ‘Veja bem, veja o que vocês vão fazer, nós já somos parceiros há tanto tempo’. É um momento que a gente tem que enfrentar. Não vai ser fácil, nós vamos ser criticados, crucificados, vão ser anos de chumbo pra nós”.

E ainda completou; “Tenho mais dois anos à frente do Santos. Se quiser xingar, xingue, se quiser denegrir, denigra, mas eu vou à luta. Tenho um clube ao qual tenho que dar satisfações, e só um clube. Não tenho que caminhar pra agradar ninguém, tenho que fazer o melhor para o meu clube”.

O Esporte Interativo é propriedade do grupo de mídia americano Turner e tenta tirar da Globo a hegemonia na transmissão do Campeonato Brasileiro, negociando individualmente com os clubes. Segundo Modesto, nove clubes já têm tratativas com canal para acerto em 2019, além do Santos; Internacional, Grêmio, Coritiba, Atlético-PR, Fluminense, Bahia e, mais recentemente, Flamengo e São Paulo.

O presidente também explicou que, em caso de apenas parte dos clubes assinarem com o Esporte Interativo, o canal só poderia transmitir jogos entre esses clubes na TV fechada. Já na TV aberta, os direitos seguiriam com a Globo, que poderia passar todas as partidas sem restrições.