Vivo cresce em IPTV e contínua expansão do FTTH

A Telefônica  (Vivo) divulgou o reporte de resultados trimestrais do quarto trimestre de 2019 (Q4 2019) para o Brasil. Durante o período, a empresa registrou 715 milhões de acessos a TV por assinatura via IPTV, 23% mais do que os 579 milhões de acessos registrados no final de 2018. Da mesma forma, o ARPU de Vivo na TV paga é de R$ 108,5; 5% mais do que os R$ 103,9 do Q4 2018.

A receita da Vivo na TV por assinatura foi de R$ 439 milhões, uma queda de 11,1% em relação aos R$ 494 milhões registrados em Q4 2018. Além disso, as receitas de IPTV e FTTH aumentaram: no setor IPTV, as receitas do Q4 2019 foram de R$ 244 milhões, 22% superior aos R$ 200 milhões correspondentes ao mesmo período de 2018. As receitas do setor FTTH no Q4 2019 foram de R$ 856 milhões, o que representa um aumento de 38%  em relação aos R$ 426 milhões do mesmo período de 2018.  

A empresa também adicionou 43 novas cidades à sua rede FTTH, que se expandiu em 12 estados ao longo de 2019. No final do ano, a Vivo teve 164 cidades onde implantou sua rede, incluindo Barbacena (Minas Gerais); Cascavel (Paraná); Itapira (São Paulo); Jaboatão dos Guararapes (Pernambuco); Nova Odessa (São Paulo); Olinda (Pernambuco); Ponta Grossa (Paraná); Rondonópolis (Mato Grosso); São João da Boa Vista (São Paulo) e Vila Velha (Espírito Santo).