Acessos de IPTV da Vivo crescem 51% em 2017

A Telefônica Brasil divulgou, na semana passada, seus resultados do quarto trimestre de 2017. Segundo a companhia, os acessos de TV por assinatura reduziram 7,3% na comparação anual, e encerraram 2017 com 1,6 milhão de assinantes. Neste segmento, a companhia mantém sua estratégia “mais seletiva, com foco em produtos de valor como IPTV”, que teve um crescimento de 50,8% e chegou a 381 mil acessos, 24% do total.
Segundo a Telefônica, o ARPU de TV evoluiu 5,6% y-o-y no trimestre, “refletindo a estratégia da companhia com foco em clientes de maior valor”. No Q417, a receita de TV por assinatura foi de R$ 473 milhões, o que representou uma queda de 2,7% no comparativo anual. IPTV teve um crescimento de receita de 64,6% y-o-y.
Os acessos de banda larga atingiram 7,4 milhões de clientes no Q417 (+1,9% y-o-y). A base de clientes em FTTx cresceu 9,5% e já atinge 4,5 milhões de acessos, dos quais 1,3 milhão são na tecnologia FTTH (+45,3% y-o-y). O FTTx já representa o 61,1% da base. O ARPU de banda larga cresceu 20,5% y-o-y no trimestre.
A receita de banda larga foi de R$ 1.253,3 milhões, um aumento de 22,7% no ano, impulsionada pela evolução da receita de ultra banda larga, que representou aproximadamente 60,2% desta receita no período e cresceu 22,4% no comparativo anual.