IPTVUncategorized

40% dos clientes da Vivo já estão em IPTV

16views

Na apresentação dos resultados trimestrais da empresa brasileira Vivo, correspondentes ao primeiro trimestre do ano, a subsidiária da Telefónica apresentou uma receita operacional de R$ 471 milhões na TV por assinatura. A empresa também apresentou uma receita de R$ 437 milhões em FTTH e R$ 199 milhões em IPTV. A Vivo teve um crescimento de 50% no mercado de FTTH entre o primer trimestre de 2018 e o mesmo período de 2019, e aumentou sua presença no IPTV em 45% no primeiro trimestre do ano, setor no qual já tem mais do 40% de seus clientes.

Os acessos da Vivo na TV por assinatura registraram 41% de clientes no IPTV no primeiro trimestre de 2019, e os 59% restantes ficaram em DTH.  Em comparação com o mesmo período de 2018, o setor de DTH reduziu seus clientes, já que nesse momento o DTH representava o 73% dos assinantes, e o setor do IPTV registrava apenas o 27%.

A apresentação destaca a expansão da Vivo no mercado de FTTH. Em 2018, a empresa concedeu o serviço a 121 cidades e aumentou esse número para 130 no primeiro trimestre deste ano. No ano passado, a Vivo registrou 8,7 milhões de HPs de FTTH, e aumentou para 9 milhões no primeiro trimestre do ano.  A empresa lançou seu serviço de FTTH em nove cidades do Brasil neste ano: Boituva, Cabedelo, Catanduva, Mafra, Santa Maria, São José do Rio Pardo, Varginha e Vitória. Além disso, a Vivo é a maior operadora de IPTV no país, onde concentra o 80,6% dos acessos.