TV PAGA

Oi quer vender operação de TV por assinatura por R$ 20 milhões

56views

A Oi anunciou na apresentação de seus resultados trimestrais do Q2 2020 que considera  a possibilidade de formação de uma UPI do negócio de TV por assinatura, a TVCo. Basicamente, a companhia pretende vender toda a parte de prestação de serviço pela tecnologia de satélite (DTH). Já no IPTV, a empresa estabelece a obrigação de compartilhamento de metade das receitas (revenue sharing) do serviço. O valor da operação seria de, no mínimo, R$ 20 milhões, mas com compromissos. 

Essa unidade contemplaria toda a infraestrutura para a prestação de serviços de DTH, mediante a transferência dos ativos e passivos (incluindo compromissos de pagamento de contratos adjacentes, como capacidade satelital e contratos de conteúdo) e da base de clientes. A operadora tem hoje cerca de 1,48 milhão de clientes em TV paga, quase todos com a tecnologia DTH, o que daria pouco mais de R$ 13 por assinante, mais os compromissos futuros, entre os quais o contrato com a SES para utilização da capacidade do SES-6, contrato este que vai até 2028, considerando as informações veiculadas quando o satélite foi lançado. A receita com TV paga da Oi no segundo trimestre foi de R$ 370 milhões.

A ideia é seguir com a estratégia de desinvestimento do negócio baseado no DTH, ao mesmo tempo em que possibilita “participação importante na geração de receitas de conteúdo” a partir da prestação do serviço pela fibra (IPTV).