TV EM GERAL

TV por assinatura no Brasil recusa nos últimos 4 anos

23views

De acordo com dados fornecidos pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) no final de 2018 (novembro). O mercado de TV por assinatura perdeu 119,3 mil assinantes em novembro, o que significa a maior perda mensal de 2018. A Claro TV (DTH) perdeu 62 mil assinantes.

Em 2014, o mercado brasileiro de TV por assinatura atingiu o topo, com 19,8 milhões de assinantes, de acordo com os registros da Anatel na época. Desde então, o mercado diminuiu, atingindo, em novembro passado, 17,58 milhões de assinantes.

A Claro TV, que registrou 3.778.252 assinantes em novembro de 2014, diminuiu em novembro de 2018 para 1.584.508, o que significa mais de 2 milhões de clientes perdidos. A Claro Brasil (todo o grupo Claro, incluindo a NET) experimentou um fenômeno semelhante: registrou 10.501.486 assinantes em novembro de 2014 e, para o mesmo mês de 2018, o número não ultrapassou 9 milhões.

Outras operadoras brasileiras, como Vivo TV e Oi, aumentaram levemente em seus respectivos mercados. A Vivo informou 759.992 assinantes em 2014, aumentando o número para 1.577.918 no mesmo mês de 2018. No caso da Oi, em novembro de 2014 registrou 1.204.860, aumentando a figura quatro anos depois, com 1.602.050.

Os números refletidos pela Anatel em novembro mostram que apenas a Oi TV conseguiu manter um crescimento recorde em 2018, com um aumento de 3.000 clientes e um total de 1,6 milhão de assinantes.