BRASIL

Comitê Olímpico do Brasil lança em dezembro canal oficial de streaming para transmissão ao vivo de eventos

24views

O Comitê Olímpico do Brasil anunciou oficialmente na segunda-feira, 16 de novembro que vai ganhar um novo canal oficial de streaming, que será chamado “Canal Olímpico do Brasil. Em parceria com a TV NSports, a entidade oferecerá às Confederações Brasileiras Olímpicas, sem custo, a transmissão ao vivo de ao menos um evento anual de seu calendário, bem como a possibilidade da aquisição de direitos de competições internacionais. Além disso, o Canal trará reportagens e vídeos especiais sobre as modalidades e seus atletas. 

“A criação da plataforma faz parte do planejamento estratégico  para o Ciclo 2021-2024. Esse é o compromisso do COB, promover maior visibilidade e fortalecer o Movimento Olímpico do Brasil”, diz o Presidente do COB, Paulo Wanderley. “O Canal Olímpico do Brasil permitirá que o esporte brasileiro amplie seu alcance junto aos diversos públicos, fortalecendo sua imagem e permitindo a captação de novas receitas para as Confederações”, conclui Manoela Penna, Diretora de Comunicação e Marketing do COB.  

Com a previsão de lançamento para o mês de dezembro, o Canal poderá ser acessado pelo website oficial (canalolimpicodobrasil.com.br), e será multiplataforma, oferecendo acesso por desktop, mobile, smart TVs e web app. O canal Olímpico do Brasil vai contar com canais individuais por confederação e tipo de conteúdo, além de também exibir vídeos já produzidos pelo COB e atualmente disponíveis pelo YouTube do Time Brasil, o canal oficial da torcida olímpica brasileira. No futuro, o Canal também poderá contar com patrocínios e publicidade em suas transmissões, assim como venda de direitos internacionais, eventos pay-per-view e vídeo crowdfunding.

“Desde a fundação, a missão da TV NSports foi ampliar a visibilidade do esporte nacional e agora, como parceiros do COB, poderemos contar juntos as histórias inspiradoras de nossos atletas reunindo o melhor conteúdo de todas as modalidades olímpicas em um só canal, e dando um importante passo na democratização das transmissões esportivas”, conclui Guilherme Figueiredo, Diretor Executivo da TV NSports.